Pr-37, 20 De Maio De 2020, Declaração Do Porta-voz Do Ministério Dos Negócios Estrangeiros, Hami Aksoy Em Resposta A Uma Pergunta Sobre As Declarações De Margaritis Schinas, Vice-presidente Da Comissão Europeia Responsável Pela "promoção Do Estilo De Vida Europeu" Em Relação À Turquia, Na Sua Entrevista À Euronews De 19 De Maio De 2020

República Da Turquia Ministério Dos Negócios Estrangeiros 21.05.2020

As declarações da Vice-Presidente da Comissão Europeia responsável pela "Promoção do estilo de vida europeu", no que se refere à migração, assemelham-se mais ao discurso político dos membros do Governo grego mais do que um discurso de um funcionário da UE.

A Comissão Europeia, que é supostamente a guardiã dos Tratados fundadores da UE, não abriu até agora uma investigação séria sobre as violações dos direitos humanos e os regressos dos refugiados nas fronteiras da UE.

Recordamos, por isso, ao senhor Comissário Schinas que investigue, em primeiro lugar, o assassinato do paquistanês Muhammad Gulzar por funcionários gregos, os contínuos incidentes de regresso no Mar Egeu e no rio Meriç/Evros que estão a ter lugar perante os olhos dos organismos da UE, a contínua rejeição de pedidos de asilo por parte dos requerentes, as práticas nacionais contra as convenções internacionais e a directiva da UE relativa ao asilo e a violência contra os defensores dos direitos humanos.

A Turquia não é, nem será a guarda de fronteiras ou o campo de refugiados da UE. A Turquia, que sofre muito com o fenómeno da migração irregular, apenas apela a uma distribuição mais equitativa dos encargos e das responsabilidades. A protecção das fronteiras externas da UE desconsiderando os direitos humanos e os direitos dos requerentes de asilo, significará a negação dos Tratados fundadores da UE. De facto, considerar a Grécia como a fronteira externa da UE equivale a ser totalmente afastados das realidades históricas e geográficas.

Segunda-Feira - Sexta-Feira

09:00 - 13:00 / 14:30 - 18:00

01/01/2020 Ano Novo
24/02/2020 25/02/2020 Feriado Religioso “Carnaval”
10/04/2020 Paixao de Cristo
21/04/2020 Tiradentes
01/05/2020 Dia do Trabalho
24/05/2020 Ramadã
11/06/2020 Feriado Religioso “Corpus Christi”
31/07/2020
07/09/2020 Dia da Independência
12/10/2020 Feriado Religioso “Dia de Nossa Senhora da Aparecida”
29/10/2020
02/11/2020 Feriado Religioso “Finados”
15/11/2020 Proclamação da República
25/12/2020 Feriado Religioso “Natal”